Pacific Warrior Day of Action!

We are not drowning, we are fighting!

The warriors of Nukunonu, Tokelau show that they are fighting climate change. They’re not about to give up.

Today, the world had the opportunity to watch and get inspired by warriors from all over the Pacific Islands that got together to fight Climate Change!

While world leaders are talking, and selling out to corporate interests, the Pacific Islanders are watching the water wash their ancestors land away… and they had enough!

350 Fiji Maroroi Vuravura (Protect the Earth) Pacific Warrior Day of Action

They are not drowning without fighting! And the message was clear, and coming from all islands of the Pacific today! (Check some photo highlights of the Day of Action here!)

And it’s super exciting to see that warriors from around the world are coming together and speaking up in solidarity with our Pacific Islanders! Want to know who are the warriors jumping into this fight!?

Check out: http://350dotorg.tumblr.com/ And meet the common people, that just like our warriors had enough.. and decided to take on this fight against climate change!

Obviously, I’m also in this fight alongside with the Pacific Warriors!

Fighting alongside #Pacific Warriors against Climate Change.. all the way from Brazil!

Fighting alongside #Pacific Warriors against Climate Change.. all the way from Brazil!

What about you? What are you waiting to join us in this fight?!

 

Advertisements

Do you speak human rights!?

Today (10th of December!) is the International Day of the Human Rights!

And while this is a day to celebrate, still there are lots of things we need to improve.. daily the basic human rights of numerous people are violated or neglected. And this really needs to change!

First step to change that, is to know your rights! Your very on basic human rights, so you are able to keep governments and institutions accountable and to fight and ensure your rights and the rights of every individual in this planet is respected!

And to facilitate this “learning” process, UNOY – the United Network on Young Peace Builders produced an awesome video during their last Peace Advocacy Study Session in Budapest.

Know, Learnd and Understand your rights! Than raise you voice and speak Human Rights, in all the languages of the world!

Every voice counts!!!

Festival Clímax – Vamos direto ao ponto?

Festival Clímax

 

Em 26 de novembro, começou mais uma rodada de duas semanas de negociações da ONU sobre mudanças climáticas, a CoP-18, em Doha, no Qatar. Pensando em aproximar as pessoas da temática do aquecimento global, as organizações da sociedade civil 350.org Brasil e Change Mob realizam o “Festival Clímax – Vamos direto ao ponto?” para mostrar que as mudanças climáticas já fazem parte do nosso cotidiano.

O evento acontecerá na Câmara Municipal de São Paulo, na Matilha Cultural e na Viração, entre os dias 5 e 9 de dezembro, com exibição de filmes, realização de oficinas e rodas de conversas sobre temas relacionados ao aquecimento global e nossas vidas.

“É muito importante chamar atenção para a realidade das mudanças climáticas enquanto representantes de governos do mundo inteiro estão reunidos no Qatar. As pessoas estão ligando os pontos e percebendo que a mudança do clima já está afetando suas rotinas, seja pelo desconforto e impactos na saúde com dias com recorde de temperaturas altas em determinada região, seja perdendo suas casas por causa de uma tempestade atípica, cada vez mais frequente. Precisamos agir local e rapidamente, pois os negociadores parecem ignorar a urgência e a dimensão do problema que estamos enfrentando”, disse Paula Collet, coordenadora da 350.org Brasil.

O Clímax tem dois objetivos principais: aproximar mais pessoas da temática e unir as diversas organizações que trabalham com o tema para criarem soluções conjuntas. É importante compreender os impactos do clima na produção de alimentos, na mobilidade, no dia-a-dia das mulheres e a importância das mudanças climáticas como um tema prioritário na governança local das cidades do nosso país.

“O Festival também será uma celebração do trabalho de uma série de organizações da sociedade civil que têm realizado ações em prol da mitigação e adaptação climática na cidade de São Paulo”, afirma João Scarpelini, fundador da Change Mob.

Mais informações e programação atualizada aqui

 

***Veja a Programação do Festival Clímax – Vamos direto ao ponto?

05/12 (Quarta-feira) Tema do dia: Soluções Locais

Local: Sede da Revista Viração (Rua Augusta, 1239)

11:30 – 14:00 – Oficina de Fogão Solar com Greenpeace

Local: Câmara Municipal (Palácio Anchieta – Viaduto Jacareí, 100 – Bela Vista)
19:00 – 22:00 – Roda de conversa sobre soluções locais
Convidados:
Aline Cavalcante – Bike Anjo
Ariel Kogan – Rede Nossa São Paulo
Gabriela Alem – Ativista
Gilberto Natalini – vereador
Luiz de Campos Jr – projeto Rios e Ruas
Ricardo Young – vereador eleito

06/12 (Quinta-feira) Tema do dia: Alimentação e Consumo

Local: Sede da Revista Viração (Rua Augusta, 1239)
14:30 – 17:00 – Oficina de Estêncil com Komuniki

Local: Matilha Cultural (Rua Rêgo Freitas, 542)
19:00 – Exibição do Filme: Uma Verdade Mais Que Inconveniente / Meat The Truth
20:20 – Roda de conversa sobre alimentação e consumo
Convidados:
Ana Zilda Coutinho – agricultora
Guilherme Carvalho – Sociedade Vegetariana Brasileira
João Paulo Amaral – Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (IDEC)
Nicole Figueiredo de Oliveira – Humane Society Internacional
Nina Best – Vitae Civilis

07/12 (Sexta-feira) Tema do dia: Gênero e Mudanças Climáticas

Local: Sede da Revista Viração (Rua Augusta, 1239)
15:00 – 17:00 – Oficina para criação de Blog com Escola de Notícias

Local: Matilha Cultural (Rua Rêgo Freitas, 542)
19:00 – CURTAS – Weathering Change / 5 Mulheres que fazem a diferença
19:30 – Roda de conversa sobre gênero e mudanças climáticas
Convidados:
Bárbara Lopes – Blogueiras Feministas
Barbara Gonçalves – Vitae Civilis
Gabriela Veiga – artivista
João Felipe Scarpelini – 350.org e Change Mob
Sulália de Souza – Reciclaangela

8/12 (Sábado) Tema do dia: Ativismo

Local: Matilha Cultural (Rua Rêgo Freitas, 542)
18:00 a 18:30 – CURTAS – Weathering Change / 5 Mulheres que fazem a diferença
18:30 a 19:40 – Uma Verdade Mais Que Inconveniente / Meat The Truth
20:00 a 21:30 – Vai lá é faz / Just do It

9/12 (Domingo)
Local: Matilha Cultural (Rua Rêgo Freitas, 542)
19:00 a 21:00 – Just Do It + Curtas: Weathering Change / 5 Mulheres que fazem a diferença
SINOPSES: 

FILME: Vai lá e Faz / Just do It 
Dir: Emily James
País/Ano: UK / 2011
Duração: 90 min
Classificação: 12 anos
Durante um ano repleto de acontecimentos, foi permitido a Emily James o acesso sem precedentes para filmar o mundo secreto do ativismo ambiental de ação direta. Dois anos mais tarde, Just Do It – um conto de modernos bandidos chega às grandes telas do mundo.
Emily James passou mais de um ano participando em grupos de ativistas, como o Climate Camp e Plane Stupid para documentar suas atividades clandestinas, em condições adversas, capturou mais de 300 horas de filmagem. Essa filmagem foi carinhosamente criada, moldada, por Emily e pelo editor James por mais de um ano para chegarem no resultado que pode ser visto agora no cinema.
O filme é uma história de pessoas que lutam pelo que acreditam e que se fazem serem ouvidas. Era uma história que precisava ser contada sem as limitações criativas de modelos tradicionais de produção ou o controle editorial de grandes investidores. E foi assim que Just Do It – um projeto totalmente independente – nasceu.

FILME: Uma Verdade Mais Que Inconveniente / Meat The Truth
Países Baixos / 2008
Duração 74′
Classificação: 12anos

Sinopse: Documentário feito pelo “Partido dos Animais” da Holanda. É a resposta ao “An Inconvenient Truth” do Al Gore, que trata de algumas das causas do aquecimento global, poluição e males afins, mas deixa a questão da pecuária de lado (por motivos políticos). A pecuária é a maior responsável por essa devastação. O mais interessante neste vídeo, é que ele nos alerta para o fato de que 18% das emissões de gases no mundo são causados pela pecuária, enquanto 13%, são causadas pelos transportes! Carros, tratores e aviões causam menos efeito que a pecuária, e muita gente não acredita, ou nem sabe disto, ou não imagina que o impacto seja tanto.

 

SESSÃO CURTA METRAGENS

Weathering Change 
O filme nos leva a Etiópia, Nepal e Peru para ouvir as histórias de quatro mulheres, que lutam para cuidar de suas famílias, enquanto enfrentam perdas de colheitas e escassez de água. Como a população mundial atinge 7 bilhões em 2011, o filme mostra como as mulheres e as famílias já estão adaptando aos desafios ambientais que ameaçam a sua saúde e os seus meios de subsistência.

Weathering Change documenta como o planeamento familiar, a educação das meninas, agricultura sustentável e conservação ambiental são parte da solução. O filme chama para a expansão ao acesso à contracepção e capacitação das mulheres para ajudar as famílias e as comunidades se adaptar aos efeitos da mudança climática.

5 Mulheres que fazem a diferença
O vídeo 5 Mulheres que fazem a diferença aborda a questão da percepção das mudanças climáticas em ambientes urbanos. Além disso, mostra a experiência de 5 mulheres que buscam no seu estilo de ser/estar/viver uma alternativa ao modelão predador da natureza ou desconectado da relação de dependência com o Planeta.

O mundo que queremos – Pós 2015!

Você é jovem e está interessado nas discussões da Agenda Pós-2015, faça parte da rede de mobilização das juventudes brasileira através do grupo: juventudes2015br+subscribe@googlegroups.com

#Sexify Mobility… to celebrate the mobility week!

It’s almost Car-Free Day.. and lots of different things are happening around the city..

But particularly to celebrate this mobility week.. I came across this super sexify video promoting public transportation in Sweden!!! (make sure you watch with the english subtitles!)

Obviously this makes a clear point, that awareness raising can (and must!) be fun, engaging and sexy, as much as it is to change the world!

To follow this post, some awesome creative ideas you can also help spreading out there:

Understanding Rio+20 with Rio+Twenties!

Video

They already produced the Youth Participation Guide for Rio+20 -http://rioplustwenties.org/documents/Participation_Guide_Rio+20_web.pdf

And now they are coming up with the video!

Clearly there is no excuse to not engage in Rio+20!

More info about Rio+Twenties.. check their website http://rioplustwenties.org/

What about the future we can build, if we put our minds to it!?

RIO+20 is approaching.. and everybody is kind of running around trying to figure out what they will do for the Earth Summit!? Everybody wants to be there, to have a voice.. but very little have happened to create coherence and synergy among all those difference projects and initiatives…

It’s a bit sad that we spend so much time, energy and resources talking about things without having a clear understanding of where exactly we want to go.

Also, have you realized that more and more we spend time after time just talking about all the different problems we face in the world ? (Certainly if you read this blog, I have myself spent quite a considerable time writing considerable amount of posts dedicated to highlighting some of those issues…)

But what if, instead of looking at the darkness that our world is on.. we try to look at the opportunities!? What if we decide to focus our energies and our time to explore the little dots of light!? Those little things that are right, and just need more space to grow and spread…

What if we invest our time and energy in the creation of a collective positive vision for our world?! Can you imagine how powerful this could be!?

[vimeo http://vimeo.com/7970557]

If just like me, you feel inspired to invest your passion, your skills and your ideas to build this vision and to shape our future, not only at Rio+20 but much beyond… than… you really should join this conversation! www.futurewewant.org

Quer entender a Rio+20!?

Para entender o presente, é preciso relembrar o passado. Por isso, a aproximadamente sete meses da Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável (Rio+20), o Centro de Informação das Nações Unidas (UNIC Rio) disponibiliza o documentário “A Cúpula da Terra – Conferência da ONU sobre Meio Ambiente e Desenvolvimento (1992)”. O filme é uma oportunidade única para entender as negociações, os acontecimentos e as curiosidades do evento marco nas discussões em torno de desenvolvimento sustentável.

Não é só de ideais e reuniões que se faz uma Conferência Global. Por trás da tentativa de se firmar acordos, existem opiniões, gafes, protestos, personalidades e acontecimentos que, em alguns casos, moldam para sempre a história da política e da diplomacia internacional. E, na Cúpula da Terra de 1992, a mais importante conferência sobre o meio ambiente e desenvolvimento já realizada, não seria diferente.

Vale a pena assistir:

And bring 2012 on!!!!

2011 is coming to an end.. definitely one of the most amazing years I’ve been fortunate to have.. so many things happened, so many things changed in my life.. that I look back, and I really struggle to believe that only a year has gone by since I open my arms to embrace 2011 as the new year beginning…

I was going to try making a little text about what went on this year.. but I guess those guys at Google did a better job that I would ever do.. so here goes…

I want to thank A LOT everything that happened this year in my life.. the incredible moments, the places, the smells, the tastes, the colors, the sounds, the memories.. and specially the people. Every single person that was part of my incredible year and contribute to making it special and unique!

I wish everyone an incredible 2012… even more exciting, fulfilling and unforgettable as 2011 has been…

And bring 2012 on.. cause I’m ready!!!

The International Day of Universal Human Rights! – How to celebrate!?

[EN] Today (10th of December) is the International Day of Universal Human Rights! A day which was created to celebrate our global community, our common rights regardless of where you were born. Above all, today is a day that was meant to celebrate our diversity, because we would rest assure that regardless of our differences we are all have fundamental rights that should be protected and respected.

Unfortunately that has not being the case yet…

Unfortunately very little people are aware of the The Universal Human Rights Declaration, and the rights agreed upon. Very little people realize, those rights were meant to be about themselves. They fail to realize the Declaration is talking about their rights.

And because of that, on a daily basis, we see or hear about upsetting violations of a series of those rights.. what are we waiting to challenge that?!

If no one takes action, the Universal Human Rights Declaration is nothing but a bunch of words in a paper… we, the people of the world are the ones to make the Declaration a living document, reflected in the way we live our daily lives.

Lets celebrate today’s International Day of Universal Human Rights by educating ourselves more! Learning where the declaration came from, and what are those universal rights we are all beneficiaries of.

Lets not take those rights for granted… and lets no longer accept that those rights are ignored or disrespected… it’s time for us to celebrate our International Day of Universal Human Rights making our commitments matter.

Happy International Day of Universal Human Rights!

————————————————————————————————————————-

[PT] Hoje (10 de Dezembro) é o Dia Internacional dos Direitos Humanos Universais! Um dia criado para celebrar essa nossa comunidade global, os direitos que compartilhamos independentemente de onde nascemos. Acima de tudo, hoje é um dia que era para celebrar a nossa diversidade, porque deveríamos ter a certeza que independentemente das nossas diferenças todos têm seus direitos fundamentais que devem ser protegidos e respeitados.

Infelizmente isso ainda não é o caso…

Infelizmente, pouquíssimas pessoas conhecem a Declaração Universal dos Direitos Humanos, e os direitos nela presentes. Ainda menos gente entende que esses direitos deveriam ser sobre nós mesmos. A Declaração está falando sobre cada um de nós e nossos direitos.

E talvés, justamente porque ninguém conhece essa tal Declaração, nós presenciamos ou ouvimos diariamente uma série de histórias onde vários destes direitos são violados… o que estamos esperando pra mudar!?

Se ninguém parte para a ação, a Declaração Universal dos Direitos Humanos nada mais é que um monte de palavras em um papel … nós, os pessoas deste mundo também somos responsáveis por fazer a Declaração um documento vivo, que seja refletido na forma como vivemos nossas vidas diariamente.

Vamos celebrar hoje o Dia Internacional dos Direitos Humanos Universais nos educando mais sobre o assunto! Aprendendo de onde veio esta declaração e quais são os direitos universais que temos direito.

[veja o vídeo acima!]

Chega de achar que esses direitos caíram do céu… e basta também de permitir que estes direitos sejam ignorados… é hora de comemorar o nosso Dia Internacional dos Direitos Humanos Universais tirando essas palavras do papel!

Feliz Dia Internacional dos Direitos Humanos Universais!